quarta-feira, 22 de junho de 2011

Casamento com jogo do Brasil, e agora??

Olá, queridas.
Espero que vocês estejam gostando do blog. Tudo que eu escrevo aqui é com muito carinho pensando naquilo que pode ser útil pra vocês.
Alías, eu queria saber se tem noivo lendo o blog, pra eu ter noção e escrever para eles (vocês) também, né? Se existe noiva é porque existe um noivo. =)


Agora, falando hiper sério! Não sei se vocês sabem ou perceberam, mas na semana que vem tem início a Copa América, um torneio de futebol que será disputado na Argentina e é muito importante aqui no nosso continente e, como tudo que envolve futebol, no nosso país.
Daí que a minha ficha caiu e eu percebi que sim, pode ter noiva pelo Brasil afora sem saber o que fazer porque um dos jogos do Brasil foi agendado justamente pra data do seu casamento. E agora?


Bem, logicamente não vai pensar em adiar o casamento. É uma situação delicada porque mexe mesmo com os brios de todos os brasileiros. Parece que o termo "Seleção Brasileira" é mágico e coloca em transe todos os brasileiros, cheios de patriotismo e ávidos por comemorar as vitórias. Mas, e o casamento, como fica?
Pensei e pesquisei um pouco e trouxe pra vocês algumas sugestões:
- Se você tiver condições e isso não for mexer demais no esquema montado pro casamento, pense na possibilidade de adiar o início do casamento para depois que o jogo tiver terminado. Se a sua cerimônia for justo no horário dos jogos, infelizmente muitos convidados vão deixar de ir, e muita gente vai chegar atrasada...
- Se vocês deram sorte e quando o jogo começar a cerimônia já terminou e tá todo mundo na festa, pensem na possibilidade de instalar um telão passando o jogo ao vivo. Eu sei que isso é super extravagante, mas olhe pelo lado positivo: pode ser super divertido, com certeza vai gerar fotos lindas e o seu casamento, sem dúvida nenhuma, vai ser lembrado pro resto da vida de todos os presentes;
- Faça brincadeiras na festa com o tema Seleção Brasileira. Vocês podem passar a camisa da Seleção, ao invés da gravata, para arrecadar dinheiro pra lua-de-mel, ou pensar em inserir bandeirinhas do Brasil na decoração ou nas lembrancinhas;


Se você tem alguma idéia de como resolver algum problema com relação a isso, escreva nos comentários por favor. Eu, honestamente, estou aceitando todas as sugestões. 
Mas o mais importante é que vocês, noivos, não dêem tamanha importância a isso. O que importa, de fato, é que vocês vão casar e construir uma linda família ao lado do escolhido tão amado. Isso paga qualquer coisa! Tenham isso sempre em mente e, por favor, estejam com muito bom humor e prontas para lidar com alegria com qualquer coisa que possa acontecer! Que o amor de vocês grite mais alto que os gritos de gol ecoados pela cidade.


Bjinhus


PS: Segue abaixo a tabela com os dias e horários de todos os jogos. Fiquem ligadas e se organizem desde já!
03/07 – 16:00 – Brasil x Venezuela 
09/07 – 16:00 – Brasil x Paraguai 
13/07 – 21:45 – Brasil x Equador
17/07/2011 - 16:00  (Se o Brasil terminar as eliminatórias em 1º)
17/07/2011 - 19:15  (Se o Brasil terminar as eliminatórias em 2º)
20/07/2011 - 21:45  (2ª Semi-final - se o Brasil passar das eliminatórias)
23/07/2011 - 16:00  (Se o Brasil não for pra final)
24/07/2011 - 16:00 (Se o Brasil for pra final)

Casamento no Inverno Soterapolitano



Olá, queridas!
Não, eu não endoidei querendo indicar para vocês usarem casacos ou xales pesados em plena Salvador rsrs.
Quem mora por aqui sabe que nossa cidade possui 2 estações durante o ano todo: Verão e Verão com chuva! O calor dificilmente dá uma trégua. E, a depender da região da cidade, no Verão com chuva venta bastante, gerando o êxodo das nossas "blusas de frio" de dentro dos armários empoeirados para as ruas movimentadas. (rsrs).


Em se tratando de casamentos, o que podemos fazer para sair do usual durante o nosso inverno calorento? Pensei e pesquisei e eis aqui algumas sugestões para você que não liga se estiver chovendo quando adentrar a igreja para inicar seu casamento:


- Não escolha local aberto: Até mesmo se você quiser colocar um toldo, nesse período eu realmente não indico fazer seu casamento aberto (ou semi-aberto). Será muito desconfortável estar protegido da chuva pela metade, já que no nosso inverno a chuva é sempre chata, fina e vem acompanhada por um vento frio e úmido. O ideal é dar preferência por locais inteiramente fechados;


- Use velas na decoração: Apesar de ser um item já meio batido nas decorações por aí, no inverno ele vai trazer uma luminosidade diferente e ajudar a aquecer os mais friorentos. Apenas tome cuidado com os suportes para as velas, pra não acontecer nenhum acidente, ok?


- No Buffet que tal servir chocolate quente?? Na mesa de digestivos, que nessa época do ano é muito apropriada, dê um UP e use chocolates e outras guloseimas calóricas e quentes (rsrs);


- E o vestido da noiva?? Que tal adicionar ao seu look um casaqueto (não muito pesado, é claro!) ou um bolerinho romântico para proteger os braços do vento? Além de ser um charme, vai dar outra cara para a sua produção;


- Na Lua-de-Mel, se você quiser ir conhecer frio de verdaaaade, eu recomendo muitooo Campos de Jordão (SP). Cidade friazinha e aconchegante, que nesse período do ano ferve culturalmente. Para quem não pode viajar por muito tempo, temos aqui na Bahia a Chapada Diamantina (pra quem gosta de ecoturismo, hein?) ou Lençóis no período do Festival de Música. Um charme. Mas se a sua escolha é baseada pelas finanças,corre pro Nordeste. Natal e Recife ficam com os preços mais baixos por conta da baixa estação (exceção do mês de Julho). Em qualquer das circunstâncias, fuja de Gramado/Canela e Buenos Aires, que entopem de turistas e vivem alta estação nessa época do ano.


- Lembrancinha criativa? Que tal um guarda-chuva plotado com o nome de vocês?? super útil e diferente, hein?


Espero que tenham gostado das dicas. E desejo a todas um feriadão super animado e regado por muito amor.
Bjinhus

terça-feira, 21 de junho de 2011

Finanças para casais



Olá, queridas. Como estão?
Hoje resolvi falar sobre um assunto que eu não domino (MESMO) e que é tão temido, principalmente na vida a dois: FINANÇAS.


Muito se fala sobre esse assunto por aí, mas na hora de colocar em prática a coisa sempre pega. Porque, na realidade, a gente estava muito acostumada a ter todo o nosso salário (muito ou pouco) para nós mesmas, e não precisávamos dar satisfação de onde gastávamos o rico dinheirinho a ninguém.


Mas, a partir do momento em que noivamos, que decidimos viver a vida a dois, o nosso salário não é só de 1 pessoa, mas de 2, e no futuro, de mais gente ainda. E agora?


Eu vou confessar que não sou nenhuma expert nesse assunto, e volta e meia me dou mal. Mas nos últimos meses tenho sido ensinada, a duras penas, que a partir de agora eu tenho que compartilhar não apenas coisas boas ou ruins, mas também minhas finanças com aquele que virá a ser meu marido daqui a uns meses, e para sempre.


Essa prática não é das mais fáceis. Ter que dividir gastos, fazer mil contas, ferver a cabeça, entrar em discussões até chegarem a um acordo sobre quem paga o quê. E eu não estou falando apenas dos gastos com a festa de casamento não. 


O que eu percebi foi que esse exercício de compartilhar a vida deve ser prazeroso para ambas as partes. Tem que haver cumplicidade e segurança para que possamos nos sentir apoiadas e amadas, independente do problema tratado. Na hora de tratar de dinheiro é sempre mais difícil. Sempre surge medo e insegurança para nos atrapalhar. Mas o momento de aprendermos é agora. Não deve haver medo dentro do casamento, sobre nenhum aspecto e em nenhuma circunstância.


Então, a minha dica aqui é: seja sempre transparente e construam juntos o futuro de vocês.


Como essa que vos fala também tem seus problemas, vou indicar 2 links muito interessantes que tratam do assunto de maneira clara e prática:
http://www.administradores.com.br/informe-se/economia-e-financas/financas-para-casais-juntos-na-mesma-direcao/36700/
Uma série de estudos sobre o assunto: http://palavrafiel.com.br/blog/?p=42

Bjnhus contados.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

O doce enlace de Lígia e Rodrigo

Olá queridas,


Enfim consegui pegas as fotos do enlace de Lígia e Rodrigo (22/04/2011).
Muitas fotos e todas lindíssimas!! Foi muuuuito difícil escolher apenas algumas para colocar aqui. Andresa de Sá arrasou nos ângulos.


Esse foi um casamento muito especial pra mim. Não só por ter sido o meu 1º oficialmente, mas pela lindeza que esse casal é. Eu conheci o noivo na faculdade, num grupo de oração e leitura da Palavra em plena UFBA, em 2005. A noiva eu só conheci no início do ano. Na época dos preparativos ela morava no Rio de Janeiro, e 90% dos preparativos nós demos forma em apenas 1 mês. Foi super corrido, mas muito gratificante. Uma delícia.


Lígia foi entregue às talentosíssimas mãos de Kal Nascimento. Quem o conhece sabe o quanto ele é talentoso e simpático. As fotos falam por si só!


Infelizmente a cerimônia não pôde ser exatamente como eles queriam, em frente ao lago no pôr do sol, pois como um típico mês de abril, o dia estava com o clima muito instável, e eu preferi não arriscar. Mas procurei não fugir daquilo que eles queriam, um estilo rústico e delicado. A cabana que havia no parquinho caiu como uma luva.


A decoração de Osvaldino ficou impecável. Trouxe toda a delicadeza inerente ao momento, com  árvores francesas de lisiantus, e rosas. De tirar o fôlego. 


Detalhe para o porta-aliança feito pela noiva, entre outras coisas. Um mimo! 


O bouquet da noiva, um toque da Floricultura da Vitória. Arrasaram!



A iluminação cênica de André Pugliese complementou muito bem, valorizando todo o ambiente. Show!


O repertório da cerimônia, que foi bem atípico, foi executado por Jair Nunes e equipe, com (lindas) vozes de 2 amigos dos noivos, dando um toque mais íntimo a tudo.
A entrada da noiva foi o momento mais emocionante que eu já vi em um casamento. O noivo escreveu, tocou e cantou a música especialmente para esse momento. De arrepiar!





Na hora da festa, iluminação cênica e decoração fizeram todos entrarem num local de beleza, alegria e simplicidade, com os arranjos de flores do campo de Osvaldino em cestinhas nas mesas e detalhes rústicos espalhados pelo ambiente, e a cor âmbar invadindo o espaço.







Esse burrinho fez um sucesso...!

O bolo belíssimo foi feito pelas tias do noivo. Um capítulo a parte. O topinho também!




O serviço de excelência de sempre da Belle's fez os convidados serem muitíssimo bem servidos. Quitutes quentinhos e de-li-ci-o-sos! Dá água na boca só de lembrar!!



A animação ficou por conta do DJ André Pugliese, que fez a boate bombar até o povo cansar! 





Os bem-casados e as lembrancinhas, mais um dos mimos feitos pela noiva. Fofos!




Lígia e Rodrigo, desejo que todo o amor de vocês se multiplique todos os dias por longos anos!! =)




Ficha técnica:
Assessoria completa e Cerimonial: Enlace Eventos Sociais (71 8111-7214)
Fotografia: Andresa de Sá (www.andresadesa.com.br)
Filmagem: Robson Santana (71 8801-8505)
DJ e Iluminação Cênica: André Pugliese (71 9943-3867)
Buffet: Belle's (www.bellesnet.com.br)
Decoração: Osvaldino (71 8209-9387)
Bouquet: Floricultura da Vitória (71 8840-6434)
Música da cerimônia: Jair Nunes (jaynunes@gmail.com)
Bolo: Tia do noivo
Convites, Bem-casados e Potinhos de mel: A noiva
Vestido: Só a Rigor (RJ)
Traje do noivo: Elizabeth Marie (www.elizabethmarie.com.br)
Brincos: 25 de Março - SP
Forminhas: 25 de Março - SP
Dia da Noiva: Kal Nascimento (71 8726-4974)
Noite de Núpcias: Hotel Deville (71 2106-8500)



segunda-feira, 13 de junho de 2011

Ainda falando em amor

Oi queridas,


E aí, o Dia dos Namorados foi inspirador pra vocês? Pra mim foi =)
Não, a gente não fez nenhum programa super criativo, ao contrário... não fizemos nada. Mas foi justamente por isso que eu achei tão especial e inspirador. 


A verdade é que a vida a dois não é feita dos dias ditos "especiais". Compartilhamos todos os dias problemas, irritações e estresses. A rotina muitas vezes vence o romantismo. Mas quando conseguimos fazer de um dia (ou um momento) "comum" em algo especial, pelo simples fato de estarmos acompanhado da pessoa que amamos, com quem queremos tanto compartilhar coisas maravilhosas e construir JUNTOS uma rotina feliz (é, não tem como fugir dela), acredito que conseguimos driblar todo e qualquer intempére e vencermos o desafio do amor a dois. 
Como dizem os A.A. "um dia de cada vez".


E, pra inspirar mais ainda, deixo aqui uma música que até pouco tempo me passava despercebida, mas que hoje faz mais sentido do que nunca pra mim.




Bjinhus amorosos

domingo, 12 de junho de 2011

Feliz Dia dos Namorados!

Olá, queridas!


Dei uma pequena pausa na minha singela comemoração do Dia dos Namorados para compartilhar uma história tão bonita que vi na internet esses dias. 




Aposentado comemora 52 anos de história de amor com outdoors em MS



Gualter e Maria Silvia começaram a namorar no dia 12 de junho de 1959.

Frase escolhida para outdoor é a mesma da aliança de casamento.


Do G1 MS
Aposentado de 68 anos presenteia esposa com outdoor em Campo Grande (Foto: Tawany Marry)Presente foi instalado no caminho da esposa até o mercado (Foto: Tawany Marry)







A aposentada Maria Silvia de Barros, 68 anos, faz sempre o mesmo caminho para ir ao mercado, em Campo Grande. Na quarta-feira (8), ela percebeu o nome do marido, Gualter Mascarenhas Barbosa, 68 anos, em um outdoor. Somente aí conseguiu ver o presente de Dia dos Namorados e de 42 anos de casamento: a frase “Hei de amá-la até Deus envelhecer”, a mesma inscrição gravada na aliança do casal, dedicada a ela.
Apesar da estratégica posição do outdoor, a aposentada só o viu no terceiro dia depois de instalado. “Sou muito distraída, mas quando li o nome do Gualter pedi para minha filha voltar. Foi um susto e uma surpresa muito grande”.
Maria Silvia teve mais uma surpresa. A aposentada disse que ligou para o marido e marcou um encontro para tomar café. No caminho, outros dois outdoors com a mesma homenagem. “Foi maravilhoso, um dos presentes mais lindos e diferentes que já ganhei dele”, disse.
O presente quase não pode ser concretizado. Às vésperas de contratar a agência de publicidade, o aposentado teve um problema de saúde e foi internado. “Era uma surpresa e eu não podia pedir ajuda de ninguém; no final deu tudo certo”, disse o aposentado.
Aposentado de 68 anos presenteia esposa com outdoor em Campo Grande (Foto: Tawany Marry)Casal se conheceu aos oito anos de idade
(Foto: Reprodução)
Datas
Além da frase do casal, o outdoor tem vários corações com datas importantes e de felicidade para os dois: começo do namoro, noivado, casamento e nascimento dos filhos.

Apenas uma data representa um período difícil: 29 de junho de 2008, quando Gualter foi submetido a transplante de pulmão. “Foi uma época difícil, achávamos que ele poderia morrer”, disse Maria Silvia. “Ela ficou ao meu lado o tempo todo, devo muito a ela”, afirmou o aposentado.

Um ano depois, o casal fez uma festa para comemorar o sucesso do transplante, relembrando as “domingueiras”, comuns nas décadas de 60 em Campo Grande.

A professora Faira de Barros, filha do casal, mandou e-mail ao G1 para divulgar o presente do pai. “Eu me orgulho muito deles, não é todo o dia que encontramos um casal que se curte tanto como esses dois”, disse, orgulhosa. Ela é uma das três filhas do casal, que tem cinco netos.
Aposentado de 68 anos presenteia esposa com outdoor em Campo Grande (Foto: Tawany Marry)Os dois se casaram em 1969
(Foto: Tawany Marry)
HistóriaGualter e Maria Silvia se conheceram quando tinham 8 anos, durante as aulas de piano. “Ele ficava me incomodando e eu só fugia dele”.

Oito anos depois, a insistência de Gualter obteve resultado. No dia 12 de junho de 1959, quando eles tinham 16 anos, formaram o par em uma festa junina. Depois da dança, o adolescente entregou um espelho de maquiagem. A jovem perguntou qual o motivo do mimo; ele disse que era um presente de Dia dos Namorados e que ela poderia entender o gesto como um pedido de namoro.

Os anos de namoro não foram fáceis. O pai de Maria Silvia não aprovava a relação dos dois por causa da idade. “Ele dizia que não tinha futuro pois éramos muito jovens”, disse ela. Os dois chegaram a se afastar, mas logo voltaram a namorar.
A segunda separação ocorreu quando ele foi estudar Direito em Belém (PA) e ela, o mesmo curso, só que em Campinas (SP). Foram dois anos  longe um do outro, até que o eterno apaixonado resolveu transferir a faculdade para Bauru (SP), para ficar mais próximo da amada. Dez anos após o início do namoro, eles se casaram, no dia 23 de julho de 1969.
Aposentado de 68 anos presenteia esposa com outdoor em Campo Grande (Foto: Tawany Marry)Casal tem três filhos e cinco netos
(Foto: Tawany Marry)
Enquanto contavam a história de amor à reportagem do G1 o casal recebia mais uma das várias ligações de amigos e familiares que ficaram surpresos com os outdoor. “Meu amigo disse que agora vai ter que fazer algo parecido para a mulher dele; mas elas merecem né?!”, disse o aposentado.
O casal afirma que história de amor não tem prazo de validade. “Ainda somos grandes apaixonados, não vejo diferença da época em que começamos a namorar e agora”, disse Maria Silvia.

Um amor assim tão sólido e bonito, que ainda gera tamanha admiração e paixão mutuamente é tão raro hoje... Que possamos nos inspirar nesse casal e buscar construir uma vida a dois de respeito e admiração todos os dias. 
O amor não é um simples sentimento, quando é verdadeiro nos induz a ação de amar, e é isso que, no fundo, vale de verdade, independente de data, de idade ou de presente. Por isso, não importa o tamanho da homenagem ou o preço do presente, o que importa é a atitude de amar que imprimimos todos os dias no coração daqueles que amamos.
Bjinhus apaixonados.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Cheias de amor, Lisas de grana. E agora??

Oi queridas!
Como não podia deixar de ser, hoje o assunto é DIA DOS NAMORADOS!

Claro, para nós, noivas, esse dia, que pode ser o último como "apenas namorados" (pra você que se casa a daqui a menos de 1 ano!), tem um sabor diferente. Estar ao lado daquele que amamos e ter a certeza de que essa sensação se perpetuará por longos anos (Deus ajude!) é incomparável!

Mas... tem o lado prático da coisa. Entre contas com apartamento, buffet, decoração, vestido e fotografia, difícil conseguir uma folguinha no orçamento pra comprar aquele presente especial ou fazer um programa diferente e inesquecível. E agora??

Calma, tudo se resolve com muito amor e uma pitada de criatividade. Como eu já passei por isso muitas vezes quando não trabalhava, sei bem como é chato e frustrante não poder presentear nosso amado. Por isso, trouxe pra vocês - cheias de amor, lisas de grana - opções super baratas e especiais para mimar o namoradinho e passar um dia maravilhoso sem ter que lavar os pratos depois:

1. Cartinha de amor: compre um papel diferenciado, com uma boa gramatura e numa cor bonita. Pode optar por imprimir, com uma edição bacana no Photoshop, Corel ou outros aplicativos. Ou pode escrever de próprio punho (nesse caso, faça um rascunho antes e tome cuidado na hora de passar a limpo). Capriche na declaração e entregue num envelope decorado.

2. Porta-retrato com foto de vocês: Uma coisa bacana, útil e bonita, muito barata. E quase não dá trabalho!

3. CD com músicas especiais de vocês: Outro presentinho prático, emocionante e baratésimo! Escolha músicas que fizeram parte da vida de vocês ou que você saiba que ele gosta (mesmo que você não, o presente é pra ele, lembra? rs). Grave no seu computador e, com o auxílio de programas gratuitos disponíveis na internet, edite uma capa bonita, com uma foto de vocês e a data, imprima e pronto! Muito bacana e ele vai adorar!

4. Passeio diferente: Pra quem quer passear e ficar tranquilo, busque opções alternativas como museus e salas de arte. Em Salvador existem tantos lugares românticos, bonitos, diferentes e gratuitos que a gente teria que passar o ano todo passeando pra conhecê-los. Recomendo muito o MAM, o Museu Rodin (que tem um restaurante fabuloso e um ambiente super aconchegante), o Mahi-mahi no Corredor da Vitória, (que tem uma vista que é uma coisaaaa!).

5. Relaxar e namorar: o bom e velho filminho em casa, após um jantar especial a 2, nunca sai de moda. Comédias leves mas não tão melosas (viu, meninas, eles também vão assistir rsrs) são uma ótima pedida. (Sugiro "A verdade Nua e Crua", "Jogos de amor em Las Vegas", "Se eu fosse você", 'Marido por acaso", "A Proposta". mas claro, isso vai do gosto de vocês.)

Nos links abaixo você encontra a programação cultural alternativa da cidade. Na hora de escolher o destino, busquem se distanciar dos grandes e tradicionais restaurantes, moteis, hotéis e shoppings, que costumam ficar muito cheios nesse período. Estraga o dia de qualquer apaixonado, com certeza!

O que importa, na verdade, é estar ao lado de quem amamos, e nos lembrarmos que amor e cuidado não tem data pra acontecer!

Programação das salas de arte de cinema de Salvador
http://www.saladearte.art.br/
Lista de filmes para ver a 2
http://www.atarde.com.br/cineinblog/?p=4809
Lista de peças teatrais e outros programas culturais - http://www.atarde.com.br/agendacultural/index.jsf

bjus apaixonados.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

A busca pelo vestido perfeito

Oi, queridos.


O assunto do post é a busca pelo tão sonhado vestido de noiva! Esse objeto com o qual sonhamos a vida inteira para usarmos apenas uma vez na vida e que marcará para sempre nossa história.

Todas nós, quer seja desde criança ou em algum momento dos preparativos do casamento, começamos a nos ver vestida de noiva. Algumas de maneira mais clássica - vestido branco rodado com cauda grande, véu e grinalda. Outras de formas mais despojadas - off-white, sem véu, modelagem mais seca. Tem as mais modernas - outras cores de vestido com comprimentos diversos. O fato é que, em algum lugar do mundo, o vestido dos nossos sonhos espera por nós.

Noivas norte-americanas todos os anos vão - literalmente - à luta numa liquidação de vestidos de noiva numa loja em NY. Essa loja é já tradicionalmente conhecida pela sua "queima de estoque" dos vestidos de griffe de coleções anteriores. 

Eu já conhecia essa história a alguns anos, mas dessa vez vi as fotos e algo me despertou uma atenção especial. Talvez por que agora eu sei o quão difícil é encontrar o vestido dos sonhos. Normalmente visitamos tantas lojas, vestimos um sem-número de vestidos e, ao sair de cada loja, ficamos em dúvida de 1 ou 2. Ao final da saga, se algum vestido do início ainda sobrevive nas lembranças amarrotadas de anáguas e rendas, merece com certeza destaque especial.

Por outro lado, quanto mais vestidos provamos, mais opções teremos, e mais difícil será escolher entre elas.

Por isso, após provar dezenas de vestidos como noiva, e mais dezenas como assessora acompanhando a escolha de clientes, lá vão algumas dicas:

- Não comece a escolher o vestido sem definir muito bem o estilo do seu casamento, ou tudo vai girar em torno dele. Questões como horário e local influenciam - e muito - no vestido ideal;
- Compre revistas, veja sites das grifes de vestidos, fique atenta às tendências. Apenas para ter noção daquilo que provavelmente encontrará na maioria das lojas e ter mais ou menos definido o que deseja encontrar no seu vestido;
- Nunca vá provar os vestidos sozinha. É um momento muito especial. Convide sua mãe, sogra ou madrinha para acompanhá-la. Assim terá opiniões sinceras de quem te conhece muito mais  do que a vendedora da loja;
- Também não precisa levar toda a comitiva para opinar, senão ficará muito confusa. 2 acompanhantes, de gostos diversos, está de bom tamanho. Alías, se levar mais que isso, vocês todas ficarão desconfortáveis em boa parte das lojas da cidade;
- Não se feche em apenas um modelo de revista nem descarte nenhum vestido apresentado antes de prová-lo. Ver os vestidos nas fotos é uma coisa, vestí-los é totalmente diferente. Muitas noivas, durante a escolha, mudam de idéia sobre o que querem justamente por perceberem que as fotos nem sempre são fidedignas;
- Busque sempre no seu vestido de noiva realçar os pontos fortes do seu corpo, de acordo com seu biotipo, mas sem exageros. Uma mulher com seios pequenos, por exemplo, não deve usar um vestido estilo "camiseta". Já uma mulher de quadris largos tem que tomar cuidado com modelagens "sereia", por serem justos justamente nos quadris;
- Não ceda à pressão de quem quer que seja para usar ou deixar de usar um vestido só para agradar. É uma coisa muitíssimo importante e você deve se sentir perfeitamente à vontade com a sua escolha;
- Lembre-se sempre: por mais que seja uma peça muito importante da tradição do casamento, torna-se um acessório perto de você. A coisa mais importante é a alegria e o amor entre o casal, isso sim ofusca qualquer vestido, por mais belo e caro que seja.

Espero ter contribuído para auxiliar na escolha de vocês. Com certeza não esgotei aqui o assunto, de forma que prometo voltar para falar mais sobre a escolha do vestido de noiva.
Enquanto isso, lanço uma pergunta: quantos vestidos, em média, você provou até encontrar O VESTIDO?

bjinhus

Casamentos ecologicamente corretos

Olá queridos!


Hoje, em homenagem ao Dia do Meio Ambiente (que foi ontem - 05/06), resolvi falar sobre algumas ações que podemos ter antes, durante e depois do casamento para minimizar o impacto ambiental.


ANTES:
- Dê preferências aos fornecedores locais e que tenham sede mais próxima ao local do casamento, uma vez que isso reduzirá a emissão de gases poluentes por conta do transporte;
- Escolha um mesmo local para a cerimônia e recepção. Além de economizar em itens importantes como decoração, iluminação, energia e aluguel de espaços, e oferecer uma maior comodidade aos seus convidados, diminui a emissão de gases poluentes no transporte de um local ao outro;
- Ao escolher o horário da cerimônia, opte por um casamento diurno. Assim, além da economia com iluminação e de poder contar com a beleza da luz solar, você diminui a quantidade de energia utilizada durante seu casamento;
- A lista de convidados é sempre um tormento, mas para um casamento com o menor impacto ambiental possível, lance mão dos "mini-weddings" (casamento íntimo), convidando as pessoas realmente importantes para vocês. Nesse estilo de celebração, a lista deve limitar-se a, no máximo, 100 pessoas. Dessa forma você diminui o desperdício de comida e a quantidade de itens envolvendo toda a festa, tais como convites, lembranças, cadeiras e mesas, etc...
- Para convidar, use a internet. Caso não abra mão dos convites tradicionais, opte pelos papéis reciclados ou ecológicos (;
- Uma boa dica para as lembrancinhas do casamento é dar aos convidados sementes de plantas que eles possam ter em casa facilmente. O site http://www.brindesecologicos.biz/ traz diversas opções de brindes com o tema;


DURANTE:

- Estimule seus convidados a usarem o menor nº possível de carros, fazendo uso de caronas solidárias ou locação de vans;
- Monte o cardápio da recepção utilizando-se de receitas com ingredientes naturais. Eles fazem bem à saúde, possuem mais sabor e não agridem a natureza;
- NÃO PISE NA GRAMA - Evitem montar a cerimônia e/ou recepção em cima de um gramado para não estragá-lo;
- Que tal espalhar pelo salão lixeiras de coleta seletiva? 
- Na hora de decorar, que tal optar pelas flores locais da estação? Além de mais baratas, vão movimentar a economia local e diminuir a emissão de gases tóxicos com o transporte. Usar móveis familiares também são uma ótima opção para trazer beleza à sua festa e diminuir a compra (e consequentemente fabricação) desses itens;
- Outra alternativa para as flores são as plantas ornamentais e/ou plantas cultivadas em vasos especialmente para o casamento. Uma atitude delicada que vai personalizar ainda mais o seu enlace. E os convidados vão adorar levar para casa uma planta que vão vai murchar em 2 dias;
- Caso queiram realmente inovar, existem muitas opções na hora de decorar com garrafas pet para fazer puff's, flores decorativas e muito mais que a imaginação possa inventar. Papeis também são um ótimo aliado. Apenas certifique-se de que os itens terão um destino seguro e útil após a cerimônia;


DEPOIS:
- Acabou a celebração. Não esqueça de fazer a coleta seletiva de todo o lixo produzido no seu casamento;
- Ao final de tudo, vocês podem fazer o cálculo de emissões de CO2 produzidos desde os preparativos do seu casamento e repor à natureza com o plantio de árvores.
- Na hora de produzir o álbum fotográfico, prefiram os que utlizam menor quantidade de química em sua composição. Converse com a equipe escolhida e busquem a melhor solução.


Eu não sou uma expert no assunto reciclagem e sustentabilidade, muito menos faço parte dos "ECOCHATOS". Apenas quis trazer cuidados práticos que podem ser tomados para que a nossa festa de casamento não entristeça o meio ambiente.


Se você se interessou e deseja conhecer mais sobre o tema, recomendo a leitura do Guia do Casamento Sustentável, produzido pelo Portal ECO

bjinhus verdes.